sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Concurso de ortografia


AI QUE PRAZER NÃO ERRAR AO ESCREVER…


Regulamento
No âmbito da comemoração da Semana da Leitura, a Biblioteca Escolar e o Departamento de Línguas promovem o Concurso de Ortografia AI QUE PRAZER NÃO ERRAR AO ESCREVER…

Objetivos
Esta iniciativa destina-se a promover hábitos de leitura e de escrita dos alunos do Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide.

Participação
Podem participar todos os alunos dos 2º e 3º ciclos.

Prazos e processo
O concurso decorre em 2 fases:
v 1ª Fase – fevereiro e março de 2017;
 A 1ª fase realiza-se em sala de aula e nela participam todos os alunos da turma.
Passarão à final dois alunos por turma - os melhores.

v Final – março 2017 (Semana da Leitura)
A final realiza-se na Biblioteca, durante a Semana da Leitura 2017, e será disputada apenas pelos 2 melhores alunos de cada turma apurados na fase anterior.

Condições da realização das provas
ü  A prova será resolvida individualmente e sem qualquer consulta aos outros participantes.
ü  Não serão autorizados dicionários, gramáticas, nem quaisquer outros livros ou elementos de consulta;
ü  Não será permitido o uso de corretor.
ü  Qualquer tentativa de fraude ou de colaboração implicará a eliminação do(s) concorrente(s) em causa.

Prémios e certificados
Os alunos vencedores de cada escalão (2º ciclo e 3º ciclo) receberão um prémio, a designar.
Todos os concorrentes apurados para a final receberão um certificado de participação.
Os casos imprevistos serão resolvidos pelo Júri.


A equipa da Biblioteca Escolar/
Departamento de Línguas

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Projeto SOBE (Saúde Oral na Biblioteca Escolar)

















Durante os meses de janeiro e fevereiro foram realizadas várias atividades, no âmbito do Projeto SOBE, para o Pré-escolar e para o 1º ciclo.
Muito interessados, os meninos apreciaram a peça de fantoches “Dentes e escova de dentes”, da autoria de Paty Bzel. Depois, ouviram as explicações da Andreia Mimoso, Jéssica Nunes e Maria Alexandre – estagiárias do 3º ano do Curso de Enfermagem, sob a orientação da enfermeira Isabel Carvalho da Unidade de Cuidados na Comunidade do Centro de Saúde de Castelo de Vide – sobre a importância da saúde oral: regularidade das escovagens; alimentos saudáveis e a evitar por provocarem cáries;  tipo de escova e quantidade de pasta de dentes a utilizar nos cuidados diários e os corretos movimentos da escovagem dos dentes. Também exploraram o folheto "Saúde oral - Cuida dos teus dentes" da autoria das referidas estagiárias.

O projeto SOBE (Saúde Oral na Biblioteca Escolar) é uma iniciativa da Direção Geral da Saúde, do Plano Nacional de Leitura e da Rede de Bibliotecas Escolares

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Representantes do A. E. de Castelo de Vide na 2ª fase da iniciativa LITERACIA 3D – o desafio pelo conhecimento

Os alunos que irão representar o nosso Agrupamento na 2ª fase da iniciativa LITERACIA 3D – o desafio pelo conhecimento  são:

Leitura - Inês Raimundo (5.º B)
Matemática - Mónica Sofia Pires Barradas (6.º B)
Ciências - Vladimir Cristian Kozubash (7.º A)

A competição distrital decorrerá no dia 9 de março, às 10.30, na Escola Secundária de S. Lourenço, em Portalegre.


Muitos parabéns aos nossos concorrentes e votos de boa sorte para a 2ª eliminatória!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Re-HeART - Exposição de cartões alusivos ao Dia dos Namorados


Respondendo ao desafio lançado pelo Departamento de Línguas e pela Biblioteca Escolar, alunos dos 1º, 2º e 3º ciclos elaboraram lindos cartões, decorados com materiais reciclados/recicláveis.
Os trabalhos poderão ser apreciados no átrio da BE. 
 







sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Aprender com a Biblioteca Escolar

“A sociedade atual passa por transformações com um grande impacto na forma como acedemos à informação e ao conhecimento, como aprendemos, comunica­mos e nos integramos socialmente.
Estas transformações, relacionadas com a revolução tecnológica e digital, refletem‑se na escola, à qual se exige o desenvolvimento nos alunos de um conjunto de literacias essenciais à aprendizagem e ao sucesso educativo, que incluem não só as competências básicas de leitura, matemática ou ciências, como outras, de que são exemplo as competências da informação, digitais e dos média. A natureza destas literacias, presentes em todas as áreas e ambientes de aprendizagem, faz do seu desenvolvimento uma responsabilidade da escola e de todos os professores, sendo a biblioteca escolar um recurso privilegiado para o seu exercício.”

Referencial de aprendizagens associadas
ao trabalho das bibliotecas escolares na

Educação Préescolar e no Ensino Básico

Assim, com os objetivos de levar os alunos a: procurar a informação eficientemente, organizá-la e interpretá-la; avaliar o seu rigor e fiabilidade; apresentar e comunicar os resultados obtidos, fazendo uso do seu pensamento crítico, a BE está a implementar, em articulação com Oferta Complementar, atividades no âmbito do Referencial Aprender com a Biblioteca Escolar (RBE).

Desde o final do 1º período, os alunos do 8º ano têm abordado a obra Aquilo que os olhos veem ou o Adamastor, de Manuel António Pina, num ambiente educativo de trabalho colaborativo entre alunos e alunos/ professoras, considerando-se igualmente o uso de várias aplicações/ferramentas como promotoras da participação de todos os alunos e da diferenciação pedagógica, a par da literacia digital.
 
Padlet com trabalhos dos alunos do 8º ano.

Friso cronológico para compreensão da obra, Timeline Preceden.

Mapa de conceitos, Mindmeister.



No início do 2º período, os alunos do 6º ano, começaram a explorar a obra musical O Carnaval dos Animais, de Camille Saint‑Säens. Trata-se de uma atividade desenvolvida em articulação com a disciplina de Educação Musical, promovendo a aproximação ao currículo, com recurso a aplicações/ferramentas que permitirão uma aprendizagem contínua e o desenvolvimento de uma consciência crítica, fatores essenciais de sucesso num mundo em rápida mudança.

 
Padlet com pesquisas realizadas pelo 6º ano.
  

Pesquisando com tablets.





A biblioteca escolar pretende, deste modo, continuar a assumir um papel decisivo na formação para as multiliteracias, permitindo desenvolver nos alunos um leque de competências exigíveis ao uso da informação, à construção do conhecimento e à construção de uma cidadania ativa e responsável.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017